O equilíbrio mental em tempos de isolamento

É necessário agir com razão para que este momento de isolamento não interfira na saúde mental tanto de adultos como de crianças. O teletrabalho pode ter um impacto emocional muito forte como sentimento de tédio e estresse, principalmente por conta da mudança da rotina e limitação da mobilidade.

Seguem algumas dicas para minimizar os efeitos da nova rotina no enfrentamento da pandemia do coronavírus:

  • Estabeleça uma rotina diária, com objetivos alcançáveis.
  • Organize seu tempo, reserve um período do dia para a atividade profissional. Uma boa sugestão é você seguir o horário de expediente normal de trabalho. Assim você pode aproveitar o restante do dia com a sensação de dever cumprido.
  • Busque um equilíbrio entre a vida profissional e pessoal nessas horas, caso contrário, você estará descuidando da saúde mental.
  • Aproveite para fazer atividades que geralmente você não tem tempo, mas que na nova rotina é possível.
  • Cuide de você. Cuide da sua alimentação, buscando manter uma dieta saudável e fazer exercícios físicos.
  • Crie uma agenda diária para auxiliar você a preencher o tempo e a aliviar desconfortos com a inatividade.
  • Evite excesso de informação desnecessária. A hiperinformação gera angústia, medo e ansiedade, além de nos expor a informações falsas ou demasiadas. Sejamos filtros e não esponjas.
  • Evite formas distorcidas de lidar com o estresse como o uso de álcool e/ou outras drogas, pois eles interferem de forma negativa no seu bem-estar físico e mental.
  • Pratique meditação. Ajudará a diminuir os níveis de ansiedade e estresse, fortalecendo o seu sistema imunológico. Quando a nossa mente vai bem, o corpo se fortalece.
  • Mantenha-se ativo e produtivo.

É normal sentir solidão neste período de isolamento por conta da Pandemia. Fazer uso dos meios de comunicação para conectar-se com amigos e familiares ajuda no processo de evitar a solidão, que pode produzir tristeza em excesso e contribuir com surgimento de traços depressivos. Assim, use a tecnologia a seu favor e conecte-se com o mundo.

Sabemos que não é fácil vivenciar este momento atual, mas precisamos cultivar pensamentos positivos, o que auxiliará no controle da ansiedade e tensão.

Ao acordar faça um alongamento, concentre-se na sua respiração e viva um dia de cada vez.

Vamos juntos enfrentar este período com empatia e consciência!

Ergonomia em Teletrabalho

Iida e Guimarães1 definem ergonomia como “o estudo da adaptação do trabalho ao ser humano. O trabalho aqui tem uma acepção bastante ampla, abrangendo não apenas o trabalho com máquinas e equipamentos, mas também todas as situações em que ocorre o relacionamento entre ser humano e uma atividade produtiva por bens e serviços”. Portanto, procura diminuir a fadiga, estresse, erros e acidentes proporcionando saúde, segurança e satisfação do trabalhador enquanto ele realiza suas atividades.

O teletrabalho, definido pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), “é a forma de trabalho realizada em um lugar distante do escritório e/ou centro de produção, que permita a separação física e que implique o uso de uma tecnologia facilitadora da comunicação”. Possui classificações, entretanto, a mais comum se trata do Home Office, que é aquele desenvolvido na própria residência do trabalhador.

Os benefícios desta modalidade são a capacidade de gerenciar o próprio tempo, menor desgaste físico e maior disponibilidade de tempo pois não haverá a necessidade de deslocamento para o trabalho, dentre outros. Entretanto, deve-se atentar ao ambiente, à luminosidade, altura da mobília e posição do monitor, o que tornam o trabalho mais desgastante e pouco produtivo.

A iluminação e as cores são essenciais para o trabalho porque grande parte das informações ambientais é captada pela visão. Por isso, o trabalhador deve procurar em seu ambiente domiciliar, áreas mais iluminadas e com cores “alegres” que contribuem para reduzir a monotonia, melhorar o ânimo, aumento da produtividade e prevenção de erros de leitura.

DE OLHO NAS DICAS!!!

  • Em geral, os assentos devem fazer com que as coxas fiquem na horizontal quando o joelho fizer 90º e possuir inclinação regulável entre 90º a 120º.
  • A altura do teclado deve ficar na altura do cotovelo em um ângulo de 90º ou até 3 cm abaixo.
  • O posto de trabalho deve possuir espaço para movimentação lateral das pernas e a sua altura vai variar segundo a altura do teclado, e deve haver espaço para o antebraço inclusive durante a movimentação do mouse.
  • A tela deve estar a uma distância de 41 a 93 cm, porém pode variar do tipo de tarefa e preferencias pessoais. O ângulo de visão deve estar com a cabeça e o pescoço não devem estar inclinados mais do que 30º para frente.
  • Com relação a sua postura, adote quatro regras essenciais:
  1. Pescoço alinhado
  2. Antebraços sempre apoiados, com os cotovelos próximos do tronco
  3. Coluna reta e apoiada
  4. Pés apoiados


● Garanta uma boa luminosidade, o ideal é que você possa aproveitar ao máximo a luz natural proveniente das janelas, mas também combine parcialmente a iluminação artificial.

●Posicione o monitor perpendicularmente às janelas; evitando janelas frontais ou nas suas costas.

● Mesmo permanecendo na sua casa, mantenha a rotina de quem está indo trabalhar; troque de roupa, tome seu café da manhã, prepare-se para iniciar o seu dia e jornada de trabalho, evite trabalhar na cama, sofá e ficar de pijama.

● Respeite os horários de pausa e de refeição que você teria no ambiente físico, e realize-os da mesma forma!

● Não fique por horas ininterruptas na frente do computador, levante-se, estique-se!

Pratique alongamentos! Lembre-se que o corpo precisa de pausas e de mudanças posturais.

MICRO PAUSA! PRATIQUE!

Micro pausa é uma pequena pausa realizada ao longo do dia com cerca de 10 a 15 segundos para mudarmos a nossa postura de trabalho, espreguiçar ou realizar um alongamento.

Se você trabalha sentado levante-se e estique seu corpo;

Se trabalha em pé, agache-se e relaxe suas costas.

O importante é parar para lembrar um pouco de si e cuidar do próprio corpo!!

Procure incorporar a Micropausa em seu dia a dia.

Para o trabalho remoto AUTOGERENCIAMENTO e AUTONOMIA são palavras chaves; é importante saber quando parar de trabalhar se não, a vida acaba virando uma permanente hora-extra e a princípio o que deveria ser uma escolha para melhorar a qualidade de vida, seu tempo de lazer e com a família, acabará sendo uma furada.

Momento da Meditação

RESPIRAÇÃO HÁ

‘Há’ significa = Respiração da Vida.

Sente-se confortavelmente, com a coluna ereta e os pés ‘plantados’ no chão.

Uma boa dica é juntar os dedos indicador e polegar de cada mão e transpassá-los, formando um elo, como o símbolo do ‘Infinito’ – um 8 “deitado”.

* Inspire [contando mentalmente até 7] – energizando cada parte do seu corpo, seus órgãos, ossos, tecidos, moléculas, células e átomos. Até o pulmão ficar bem cheio.

* Segure o ar, mantendo seu pulmão cheio, [contando mentalmente até 7] – permitindo ao seu corpo descansar, abaixando o metabolismo e a química corporal, regenerando todas as suas células.

* Expire o ar totalmente [contando mentalmente até 7] – liberando todas as impurezas, energias tóxicas e bloqueios do seu sistema. Até o pulmão ficar bem vazio.

* Mantenha os pulmões vazios [contanto mentalmente até 7] – permitindo ao seu corpo ir de ajustando à serenidade e à paz.

Importante: Não são, necessariamente, 7 segundos, são 7 ‘tempos’ que você conta mentalmente no seu próprio ritmo, desde que ao final da contagem da respiração o pulmão esteja bem cheio e ao final da contagem da expiração o pulmão esteja bem vazio.

Repita o processo todo por 9 vezes e, em seguida, mantenha sua respiração suave.

A Respiração ‘Ha’ completa dura em média 4 a 5 minutos.